Semana passada uma Youtuber fez um video polêmico com críticas a respeito do Canadá e centenas de pessoas criticaram o video e a maneira como os assuntos foram abordados.

Depois de dias vendo o video na minha timeline e depois que minha amiga e Youtuber Kitty fez um video abordando o assunto eu resolvi assistir.

Sinceramente, eu não vi nada demais! Eu moro em Vancouver há 5 anos e morei nos EUA há 8. Sempre vi com olhar crítico o lado bom e ruim do Canadá, principalmente, porque eu já morei em um outro país “top” para poder comparar.

O Canadá não é perfeito, mas eu garanto a vocês que tem mais pontos positivos do que negativos.

Como estamos falando de um video que abordou os pontos negativos eu vou dizer o que eu vejo de negativo. Quero deixar claro que é uma visão pessoal e as pessoas pensam de diferentes formas e têm diferentes experiências, portanto, o que eu vejo como negativo pode ser positivo pra muita gente.

PONTOS NEGATIVOS

  • Custo de vida alto.

Nesse ponto eu preciso explicar porque é alto pra mim. Se você vem do Brasil e compara os preços de lá com aqui você vai achar super barato, mas eu comparo com os preços dos EUA e por isso eu acho super caro. Entretanto, é preciso dizer que pagamos mais caro no Canadá porque temos mais benefícios trabalhistas que os americanos têm.

  • Poucos médicos

Eu gosto do sistema público da Canadá. Não é perfeito, mas é justo e atende toda a população independente da situação financeira. O problema é que por ser público, muitos profissionais optam por trabalhar nos EUA e, eu não entendo por quê, as universidades têm poucas vagas para medicina.

Sem falar da dificuldade que os médicos estrangeiros encontram para trabalhar aqui. O processo de validação do diploma de medicina é difícil e caro.

  • A formação de guettos

O multiculturalismo canadense é reconhecido mundialmente e, graças a ele, eu e muitos outros imigrantes fomos acolhidos nesse país. Mas existem imigrantes que não reconhecem isso e não estão dispostos a se adaptar, mas sim a impôr a sua cultura. Por causa disso vemos povos dominando bairros inteiros e vivendo como se estivesses em seus países de origem.

Em minha opinião esse é um caminho perigoso.

  • Governo paternalista

Existem muitos benefícios financeiros para famílias de baixa renda e o país está recebendo atualmente milhares de refugiados que estão chegando no país legalmente e ilegalmente. Muitas pessoas têm atravessado a fronteira dos Estados Unidos para pedir refúgio no Canadá e todas essas pessoas estão recebendo ajuda financeira do governo.

Eu acredito que o país deve sim ajudar as pessoas que precisam, mas muitas dessas pessoas não têm direito de estar aqui e, muito menos, de receber ajuda financeira do governo, mas o processo de refúgio pode levar anos para ser concluído e, enquanto isso, o governo continua pagando e as pessoas continuam chegando.

Por um lado é bom que o governo queira ajudar, mas por outro lado, alguém tem que trabalhar mais para pagar pelos que não trabalham e se essa conta não for balanceada a gente sabe como fica.

PONTOS POSITIVOS

  • País acolhedor

Eu me senti bem vinda no país desde que eu pisei no aeroporto de Toronto. O Canadá é realmente um país de pessoas educadas e receptivas. Claro que existem os doidos, como em qualquer lugar, mas de uma maneira geral as pessoas são muito acolhedoras.

  • Educação

A educação nas escolas, colleges e universidades é de primeira. Eu digo com conhecimento de causa porque tenho filha em idade escolar e eu mesma frequentei college aqui. Tem High Schools aqui que mais parecem universidades! Não estou exagerando!

  • Natureza

Eu não conheço todo o Canadá, mas a parte que eu conheço é de tirar o fôlego de tão linda! Existe aqui uma consciência ecológica e uma cultura de preservação que inunda as cidades de verde. Você sente o ar mais leve e puro.

  • Segurança

Aqui tem crimes, tem assalto, assassinato, enfim, não é o céu! Mas se você olhar os índices de criminalidade são tão baixos que não merecem a minha atenção. A cidade mais perigosa daqui passa longe dos bairros perigosos de Miami e New York.

  • Imigração

O país tem um processo de imigração que possibilita que pessoas preparadas e com um bom nível de inglês possam vir morar aqui legalmente e, posteriormente, se tornarem cidadãos.

  • Benefícios

Aqui as mulheres e os homens podem tirar um ano de licença maternidade.

  • Sistema de saúde público

O seguro médico cobre todas as despesas de tratamentos, consultas e emergências. Só não cobre os extras como fisioterapia, dentista, massagem e coisas semelhantes.

  • Sistema de transporte

O sistema de transporte é eficiente. Pode não ser perfeito em todas as cidades, mas é muito bom!

  • Médicos capacitados

Como não existem muitas vagas, somente os melhores conseguem se tornar médicos. O treinamento é pesado e muitos não aguentam. Eu ouvi de uma médica aqui que é comum nos EUA você encontrar médicos bons ou ruins, mas, segundo ela, quem se torna médico no Canadá está realmente preparado para ser médico.

Claro que os erros existem e você sempre vai ouvir um ou outro relato de quem não ficou satisfeito com o atendimento. Na minha opinião, alguns médicos cometem erros não por não saberem, mas sim por não terem tido aquela experiência mais forte das emergências nos hospitais públicos do Brasil 🙂

10- Com todos os defeitos o Canadá ainda é indiscutivelmente uma das melhores opções do mundo e vale a pena! Isso é fato! Se quiserem conversar comigo sobre vistos e imigração é só agendar um horário através do email info@gonorthsa.com ou pelo telefone +1-604-762-4551.

Até o próximo post!

 

Fonte: http://www.cbc.ca/news/politics/asylum-seekers-quebec-roxham-1.4232608

Renata Go North
Renata Go NorthConsultora de imigração, publicitária, designer e blogueira
Renata é consultora regulamentada de imigração, bacharel em Comunicação Social, especialista em Design Digital, blogueira por diversão, esposa e mãe.